ASSISTA TAMBÉM

Loading...

Barra de vídeo

Loading...

sexta-feira, 18 de março de 2016

A prova vazou? : Prefeitura tenta acalmar ânimos dos candidatos após denúncia

Prefeitura afirma que vazamento de prova de concurso é boato

Mariana Rodrigues
A prefeitura de Campo Grande, através de sua assessoria de imprensa negou o vazamento da prova do concurso público da Semed (Secretaria Municipal de Educação), os boatos se espalharam pelas redes sociais, preocupando os candidatos.

Após se espalhar pelas redes sociais e grupos do WhatsApp, os boatos foram denunciados por uma pessoa, ao vereador Eduardo Romero (Rede Sustentabilidade), ontem (17). Em sua página na internet, Romero disse que a prova poderia ter vazado com o objetivo de privilegiar alguns inscritos.
O parlamentar encaminhou na manhã de hoje, um ofício para Semed e gabinete do prefeito Alcides Bernal (PP), cobrando garantias aos inscritos depois de verificar a questão de segurança da prova e sigilo que realmente os candidatos concorrem igualitariamente, sendo aprovados aqueles que realmente possuem mais conhecimento.
"Queremos com estes esclarecimentos trazer tranquilidade aos candidatos ou que se comprovado algum indício de falha, que sejam anuladas estas provas e elaboradas outras", frisa.
Em nota, a prefeitura informou ao Campo Grande News que os boatos não possuem qualquer comprovação. "Qualquer suspeita deve ser comunicado à Secretaria Municipal de Educação ou, ainda denunciar à policia", disse.
Concurso - O concurso público de provas e títulos para cargos de professor do quadro permanente da prefeitura municipal de Campo Grande, foi publicado no Diário Oficial no dia 22 de janeiro deste ano. O concurso será executado pela com apoio operacional da Fapec (Fundação de Apoio à Pesquisa, ao Ensino e à Cultura).
O candidato interessado pagou o valor de R$ 100 a título de inscrição e ainda conforme o edital, exceto em casos de carências e doares comprovados de medula. O valor pago pela inscrição não será devolvido, em hipótese alguma, salvo em caso de cancelamento do certame, por decisão da Administração Municipal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário