ASSISTA TAMBÉM

Loading...

Barra de vídeo

Loading...

segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

IRRESPONSABILIDADE: BERNAL NÃO PAGA TERCEIRIZADOS E POSTOS DE SAÚDE FICAM SEM LIMPEZA

Sem receber, funcionários fazem paralisação e postos de saúde ficam sem limpeza

Cerca de 300 trabalhadores cruzaram os braços nesta segunda-feira

Anna Gomes
Devido ao atraso de pagamento da Prefeitura Municipal de Campo Grande, centenas de trabalhadores terceirizados da empresa Mega Serv, responsáveis pela limpeza dos postos de saúde, UPAs (Unidade Pronto Atendimento) e UBS (Unidade Básica de Saúde) da Capital, resolveram cruzar os braços nesta segunda-feira (12).
De acordo com Johnny Mendonça, secretário do STEAC - MS (Sindicato dos Trabalhadores nas Empresas de Asseio e Conservação - MS), ao todo, cerca de 300 funcionários estão parados nesta segunda-feira e a paralisação só deve acabar quando a prefeito fazer o depósito do pagamento desses trabalhadores, que deveria ser realizado no último quinto dia útil deste mês.
Hoje, no começo desta manhã, cerca de 150 trabalhadores estão na sede do sindicato para uma reunião, mas o número deve aumentar com o passar das horas. Com receio de que o pagamento  não seja depositado, alguns funcionários já estão entrando em desespero.
"Estou até sem passe de ônibus para participar da manifestação que está acontecendo no sindicato. Precisamos do nosso salário, já recebemos pouco e ainda não nos pagam? Temos família para sustentar", disse uma funcionária que preferiu não se identificar com medo de represálias. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário