ASSISTA TAMBÉM

Loading...

Barra de vídeo

Loading...

quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Temendo o pior, Marquinhos estuda empréstimo para honrar salários e 13° em janeiro

Às vésperas de assumir o mandato como prefeito eleito de Campo Grande, Marquinhos Trad, do PSD, destaca preocupação com a folha de pagamento e o 13° salário. Ele teme que os pagamentos podem ser deixados pelo prefeito Alcides Bernal, do PP, para janeiro de 2017. 
Em entrevista exclusiva ao TopMídiaNews, Marquinhos afirmou que, até o momento, não sabe o que Bernal deixará o dinheiro provisionado, separado para quitar os débitos. "Até o momento não sei o que ele vai deixar. Não vi ele deixar acertado nada", pontuou. 
O futuro chefe do Executivo ainda revela que estuda uma solução para evitar que os servidores públicos sejam novamente penalizados. "Se o que ele deixar for insuficiente ou na pior das possibilidades, não deixar nada. Vejo duas opções para resolver o impasse", conta. A primeira, segundo ele, seria fazer um empréstimo por meio de agências bancárias para honrar os pagamentos com os servidores públicos.
"Esses empréstimos poderiam acontecer de maneira imediata". 
Outra opção, conforme Marquinhos, seria aguardar o recebimento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). "Neste caso, o vencimento vai até o dia 10 de janeiro. Então, poderia atrasar o pagamento, mas vamos aguardar", finaliza. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário