VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Mais uma pesquisa aponta Bernal fora e segundo turno com Rose e Marquinhos

Atual prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal, aparece em terceiro lugar e com maior índice de rejeição

5 SET 2016
Rodson Willyams
08h38min
Foto: Geovanni Gomes e André de Abreu / Arquivo
O Instituto de Pesquisas Ipems divulgou a primeira pesquisa eleitoral para a prefeitura de Campo Grande. Nesta primeira avaliação, o atual prefeito Alcides Bernal, do PP, aparece em terceiro lugar, com 15,53% das intenções de votos. O deputado estadual Marquinhos Trad, do PSD, é o primeiro colocado, com 35,67% das intenções de votos. A vice-governadora Rose Modesto, do PSDB, está na segunda posição, com 26,15%.  
Em comparativo entre o primeiro e o terceiro colocado, Marquinhos Trad e Alcides Bernal, respectivamente, a diferença entre os dois chega a 20,14%. Além disso, Rose Modesto está com 10,62% à frente do atual prefeito de Campo Grande. A pesquisa foi contratada e divulgada pelo jornal Correio do Estado.
O vereador Alex do PT ocupa a quarta posição, com 2,04%. Os demais candidatos figuram com um pouco mais de 1%, entre eles Athayde Nery (PPS), Marcelo Bluma (PV) e Coronel David (PSC), empatados tecnicamente, os dois primeiros com 1,27% e o último com 1,26%.
E os demais candidatos figuram com menos de um 1%: Rosana Santos, do PSOL, (0,75%); Elizeu Amarilha, do PSDC, (0,52%); e Suél Ferranti, do PSTU, (0,28%). Arce, do PCO; Lauro David, do PROS; e Pedro Pedrossian, do PMB, estão empatados tecnicamente com 0,26%; e Adalton Garcia, do PRTB, e Aroldo Figueiró, do PTN, com 0,23%, cada. Indecisos/Nenhum deles pontuam 14,02%.
Rejeição
De acordo com a pesquisa, o prefeito Alcides Bernal aparece com a maior rejeição, sendo 43,51% dos eleitores que declararam não possuir a intenção de votar na reeleição do prefeito. Dos favoráveis, apenas 15,53% demonstraram a intenção de apoio à Bernal.
Na mesma tabulação, Marquinhos e Rose alcançaram o mesmo índice de rejeição, com 15,82% de Marquinhos e 15,20% de Rose Modesto. Se a eleição fosse hoje, Marquinhos levaria a prefeito já no primeiro turno e desbancaria a segunda colocada.
A pesquisa foi realizada em Campo Grande, entre os dias 1º e 3 de setembro de 2016. Ao todo, 400 pessoas foram entrevistadas para a realização da pesquisa Ipems.

Nenhum comentário:

Postar um comentário