VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Apoio de Pedra a Bernal vai custar expulsão do partido

Após oficializar apoio a candidata Rose Modesto do PSDB, o presidente regional do PDT, Dagoberto Nogueira deixou claro que qualquer candidato a vereador que 'se atrever' a pedir apoio para outro candidato que não seja a tucana, será expulso do partido.
Questionado sobre a postura do vereador Paulo Pedra, que defendia a 'unhas e dentes' que o PDT deveria apoiar a candidatura do prefeito Alcides Bernal (PP), Dagoberto destaca que, caso Pedra defenda o prefeito, será expulso da legenda de imediato.
"Se ele não defender,  vai contra a legenda que eu já disse aqui, dei o recado, o PDT, aqueles que forem aprovados por convenção eu não vou abrir mãos de todos ficarem juntos, isso foi recomendação do diretório regional e do diretório municipal", diz o presidente.
Dagoberto garante que qualquer membro que contrariar as orientações partidárias de apoio à Rose Modesto, será desligado e relembra que não mediu esforços para expulsar deputados que demonstraram ter duas caras e fará o mesmo com candidatos.
"Nós nunca tivemos duas caras, nunca tivemos dois lados, todos aqueles do PDT que tiveram duas caras nós colocamos para fora.O nosso compromisso tem que ser honrado e vamos honrar nosso compromisso com a Rose. Quem não defender vai perder a candidatura e vai ser excluído do partido como sempre fizemos, nós já excluímos deputado porque não vamos excluir candidato a vereador", afirma o presidente.
Pedra continua cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral, acusado de comprar votos e abuso de poder econômico nas eleições de 2012,o que pode colocar um fim em sua vontade de disputar o pleito. "Ele vai ver se passa na convenção ou não, isso são convencionais que decidem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário