VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Ex-comandante da PM ‘desce a lenha’ em PRF que matou empresário após briga no trânsito

O ex-comandante da Polícia Militar do Estado e deputado estadual Carlos Alberto David dos Santos, usou sua página no Facebook para criticar o comportamento do policial rodoviário federal Ricardo Hyun Su Moon, 46 anos, que matou a tiros o empresário campo-grandense Adriano Correia do Nascimento, 33 anos, na manhã do último dia 31. 
Na publicação, o ex-comandante da PM definiu como criminosa a conduta do policial rodoviário e afirmou que ele não representa a categoria, que ajuda principalmente no combate ao tráfico de drogas em todo o Estado. No texto, David também ressalta que a situação não configura legítima defesa, que é o que Ricardo alega. 
O coronel também usou o espaço para criticar a decisão da Justiça, que concedeu liberdade ao policial afastado. "A decisão da justiça em conceder a liberdade ao policial, apesar de se fundar em critérios jurídicos em vigência, causa perplexidade e desaponta a sociedade que anseia por justiça e preferia ver o autor do crime na cadeia, à espera do seu julgamento", escreveu.
Confira na íntegra a publicação:

O caso 
Ricardo e a Adriano teriam se envolvido em uma briga de trânsito no início da manhã do dia 31, na Avenida Ernesto Geisel, quando o policial sacou a arma e  disparou aproximadamente sete vezes contra o empresário. Um adolescente, de 17 anos, que também  estava no veículo, foi atingido na perna.
Vídeo gravado por testemunhas mostra o momento em que o pai da vítima grita, desesperado, pela morte  do filho. "Eu odeio você, você matou o meu filho, matou a troco de nada", afirma. Ainda conforme a gravação, a briga teria começado após o empresário 'fechar' o policial no trânsito.
O suspeito estava fardado no momento do crime e seguia para o interior do Estado, onde estava escalado para trabalhar. Ricardo era habilidoso com armas e participou de campeonatos de tiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário