VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Sem coleta de lixo: decisão de Bernal foi maldosa contra campo-grandense, acusa Marquinhos

O prefeito eleito Marquinhos Trad, do PSD, afirmou que vai procurar a Justiça e o Ministério Público Estadual para saber se a decisão tomada pelo prefeito Alcides Bernal, do PP, que cancelou o contrato com a CG Solurb, foi de comum acordo com os órgão fiscalizadores ou se a decisão foi apenas unilateral. A fala de Marquinhos ao TopMídiaNews ocorreu logo no início desta tarde, pouco depois do anúncio de Bernal.
No entanto, Marquinhos afirmou que a decisão do prefeito foi 'maldosa' contra os campo-grandenses. "Ele cancelou serviços como a capina e a roçada. Isso foi uma maldade, a gente sabe que estes serviços são essenciais, porque evitam a proliferação do mosquito".
E ainda emendou: "eu não vou deixar, não vou permitir que isso afete a população, nem que eu mesmo pegue a pá e vá fazer esse serviço. Não quero que volte aquele monte de lixo igual ele teve". Diante do impasse, Marquinhos afirmou que vai procurar o juiz e o promotor do Ministério Público Estadual para saber a respeito deste cancelamento."É estranho isso, cancela um parte, mais deixa outra funcionando por 60 dias, afinal, rescindiu ou não rescindiu o contrato", questionou.
"E ainda vou perguntar a eles, se conseguem decidir sobre essa questão de vez, se é ou não regular o contrato. Já pensou, se daqui a um ano decidem que o contrato estava certo", comentou.
Marquinhos ainda afirmou que se for constatado que houve irregularidades e se houver uma decisão jurídica, vai cumprir o que for determinado. "Só vou pedir para que me dê tempo para licitar novamente".
O novo administrador de Campo Grande ainda afirma, "já disse que não tenho interesse em manter esse contrato, mas vou cumprir o que for determinado pela Justiça". E finalizou afirmando que o prefeito Alcides Bernal não teve 'bom senso'. "Ele teve tempo de fazer isso e vem fazer isso justamente a três dias antes de acabar o mandato. Isso é uma maldade".
Bernal
Durante entrevista coletiva, o prefeito Alcides Bernal, do PP, afirmou que a decisão só foi tomada agora, porque o levantamento feito pela Procudoria-Geral do Município só terminou agora e descartou qualquer conotação política, uma vez que ele, inclusive, apoiou o prefeito eleito Marquinhos, irmão do Nelsinho, acusado de causar 'rombo', durante a eleição de 2016. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário