VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

sexta-feira, 18 de março de 2016

Deputada denuncia o próprio partido por barrar filiação de político gay

Membros do PR barraram filiação de vereador 

A deputada estadual Grazielle Machado (PR) usou seu perfil no Facebook nesta sexta-feira (18) para denunciar o preconceito dentro do próprio partido. A parlamentar relatou que foi a Amambai, distante 342 quilômetros de Campo Grande nesta quinta para filiar um vereador e que ele não foi aceito por ser homossexual.
“Repartindo a minha dor: " Ontem, fui filiar o vereador Ailton, no PR, para concorrer com força, como prefeito. E, o presidente do partido de Amambai, Dirceu Lanzarine, junto uma comitiva de vereadores como Fisher, etc... Não me deixaram filiar". Sabe porque? Porque, Ailton é gay. O Partido da República, em Amambai, não me representa”, desabafou.
Em conversa com o Jornal Midiamax, o vereador afirmou que viu a postagem da deputada. “Essa justificativa ela deve ter ouvido diretamente dele, mas para mim só disseram que não seria possível a minha filiação”.
Para Ailton, esse deve ser um posicionamento do presidente municipal do partido. “Eu acredito que ele não queira alguém com a minha orientação sexual como prefeito, mas este é um posicionamento dele. É lamentável que no ano em que estamos isso ainda aconteça. De qualquer forma, sou pré-candidato pelo PSB a prefeito”, argumentou.
Ailton disse que não tomará nenhuma medida judicial contra o partido pela discriminação. “Isso não me atinge. Sigo com meus projetos e pensando no bem da minha cidade. Eu só acho lamentável e desagradável ainda ter que lidar com este tipo de situação”, finalizou. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário