ASSISTA TAMBÉM

Loading...

Barra de vídeo

Loading...

quinta-feira, 3 de março de 2016

MPE arquiva investigação contra braço-direito de Alcides Bernal

Evander Vendramini foi denunciado por suposto lucro ilegal de R$ 360 mil

Evander (esq.) é um dos principais aliados do prefeito da Capital (Foto: Reprodução / Arquivo TopMídiaNews)MPE arquiva investigação contra braço-direito de Alcides Bernal
Evander (esq.) é um dos principais aliados do prefeito da Capital (Foto: Reprodução / Arquivo TopMídiaNews)
O Conselho Superior do Ministério Público arquivou o Inquérito Civil nº 27/2010, aberto por meio da 5ª Promotoria de Justiça do Patrimônio Público e Social da comarca de Corumbá, que investigava eventual ofensa ao patrimônio público e improbidade administrativa do vereador corumbaense Evander Vendramini Duran, ex-candidato ao Governo do Estado, pelo Partido Progressista, em 2014.

Segundo denúncia, a irregularidade teria ocorrido na uma locação de imóvel com dispensa de licitação, no valor de R$ 360 mil, de propriedade de Ilka de Souza Fernandes, com a finalidade para fazer a cobrança de tributos municipais e para a contratação de escritório terceirizado para cobrança de imposto, mesmo com a existência da procuradoria do município. Com base nessas informações, naquela ocasião, o MPE abriu investigação contra o vereador.

No entanto, o Conselho Superior deu conhecimento aos interessados da existência da promoção de arquivamento dos autos relacionados, para que, no prazo de 10 (dez) dias, querendo, apresentem razões escritas, peças informativas ou documentos que serão a estes juntados.

Evander Vendramini é conhecido popularmente por apoiar o atual prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal, que exerce a função de presidente regional do partido em Mato Grosso do Sul e acumula a função de vice-presidente da Executiva Nacional da sigla. Durante as eleições de 2014, chegou a ser candidato ao Governo do Estado, tendo Bernal como candidato ao Senado.

Devido a proximidade com Bernal, parentes do vereador corumbaense, sobrinho e irmão, possuem nomeações com cargos comissionados na prefeitura da Capital. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário