VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

terça-feira, 8 de março de 2016

Puccinelli tem audiência hoje em ação por ter chamado Bernal de ladrão

Ex-governador o chamou de 'ladrão'

Ocorre na tarde desta terça-feira (8) audiência do processo que o prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), move contra o ex-governador do Estado, André Puccinelli (PMDB), por calúnia. A marcação foi feita em novembro do ano passado. O peemedebista foi intimado no dia 2 de novembro. 

A queixa-crime tramitava no STJ (Superior Tribunal de Justiça), mas passou para juízado especial de Campo Grande. Segundo os autos, no dia 29 de março de 2014 o ex-governador disse durante entrevista em evento em Dourados que Bernal havia sido cassado não por força de golpe, mas porque é um ladrão e montou quadrilha para roubar a prefeitura.
A defesa alega que, neste sentido, as alegações feitas atribuem ao radialista conduta tipificada como crime. Portanto incorreu prática de calúnia ao imputar falsamente formação de quadrilha. Além disso, sustenta que houve intenção de atingir a dignidade do prefeito.
A ação é do dia 31 de março de 2014, dias depois de Bernal sofrer cassação de mandato por parte da Câmara Municipal. À época Puccinelli era governador. Ele disparou contra o prefeito ao falar da conjuntura política que sofreu a cidade de Dourados, quando administrada por Ari Artuzi, que renunciou à prefeitura após uma série de irregularidades.

Nenhum comentário:

Postar um comentário