VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

quarta-feira, 4 de maio de 2016

MS tem a segunda menor cobertura vacinal contra H1N1 do País

Fernanda Mathias

O Ministério da Saúde divulgou nesta terça-feira (03) um panorama da cobertura vacinal dos Estados brasileiros em que Mato Grosso do Sul figura como a segunda Unidade da Federação com o menor índice: 20,6%, atrás somente de Roraima, 19,6%.
A média nacional, na ocasião de fechamento dos dados, era de 43% da população prioritária, que são profissionais de saúde, crianças entre seis meses e cinco anos incompletos, gestantes, indígenas, pessoas com doenças crônicas e as privadas de liberdade. O total de doses destinadas ao Estado para a campanha de 2016 é de 722.200.
Entre o público prioritário, a maior taxa de cobertura é de puérperas (40,35%), seguidas de profissionais de saúde (37,97%). A cobertura vacinal de indígenas é a menor (5,29%).
Os dados atualizados nesta quarta-feira (04) pelo Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações já apontam 30,27% de cobertura em Mato Grosso do Sul, o maior deles em Paraíso das Águas, onde a população prioritária era de somente 74 pessoas, mas foram imunizadas 267, mais que o triplo. 
MS tem a segunda menor cobertura vacinal contra H1N1 do País

Nenhum comentário:

Postar um comentário