VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

sábado, 16 de janeiro de 2016

5 informações essenciais sobre diabetes

Diabetes é uma doença que se caracteriza pela deficiência na produção do hormônio chamado insulina e, também, é caracterizado pelo aumento na quantidade de glicose da corrente sanguínea – denominado hiperglicemia. A doença pode aparecer em qualquer fase da vida e afeta o metabolismo da pessoa.
Nossa fonte de energia é dada por diversos alimentos que ingerimos ao longo dia, que são transformados em glicose e transportada até as células através do sangue. Para facilitar o processo, a insulina é produzida - essencial na utilização da glicose. Quando o corpo não consegue fazer essa produção ou ela se dá por insuficiente, surge a doença. Há dois tipos de diabetes: o tipo 1 e o tipo 2.
A diabetes tipo 1 é decorrente da destruição autoimune das células que produzem a insulina. Já o tipo 2 é a junção de dois fatores: um defeito ou uma diminuição na secreção da insulina.
Confira cinco informações que você precisa saber sobre diabetes.
Tratamento
Para tratar o diabetes é ideal que a glicose no sangue fique entre 70 e 100 mg/dL. Considera-se hiperglicemia quando o açúcar passa de 100mg/dL em jejum ou 140mg/dL cerca de duas horas após qualquer refeição. O tratamento deve ser feito com medicamentos prescritos por um médico especializado na área, como a insulina, que serve para os dois tipos da doença, ou medicaçãovia oral, que ajuda no controle glicêmico. Além disso, é necessário que a pessoa que tem diabetes mantenha uma vida saudável, para evitar possíveis complicações.
Atividades físicas
É importante para qualquer pessoa a prática de atividades físicas, mas para quem tem diabetes se torna indispensável. Exercícios físicos praticados com frequência junto com uma dieta bem balanceada – tudo sob orientação de profissionais – ajudam a manter o nível correto de glicose no sangue. Além disso, as atividades físicas ajudam a aliviar o estresse, perder peso e manter uma vida saudável.
Saúde bucal
Assim como as atividades físicas são essenciais para qualquer pessoa, a saúde bucal também é muito importante. Porém, para as pessoas com diabetes, é fundamental um acompanhamento mais rigoroso. A higiene após cada refeição, não fumar, ir ao dentista a cada seis meses e cuidar bem dos dentes e gengivas é de extrema necessidade para não ter complicações. Controlar bem a diabetes também pode evitar as infecções por fungos.
Sintomas
O excesso de açúcar no sangue não é normal. Por isso, o organismo se manifesta de diversas maneiras para avisar ao nosso cérebro que tem algo errado. Uma das maneiras que ele encontra é eliminando a glicose através dos rins. Assim, as pessoas com diabetes acabam tendo muita sede e uma frequente desidratação.
Outros sintomas também são aparentes em pessoas com a doença, como a perda rápida de peso – apesar do aumento de apetite -, fraqueza, tonturas, rosto avermelhado, difícil cicatrização – mesmo em pequenos ferimentos -, dor no abdômen, respiração acelerada, visão turva e muita vontade de urinar.
Contagem de Carboidratos
Fazer a contagem de carboidratos é muito importante para quem tem diabetes. São eles os responsáveis pelo maior efeito direto com os níveis de glicose no organismo. Além disso, os carboidratos permitem mais variabilidade e flexibilidade na alimentação, principalmente para as pessoas que usam insulina.
A dose irá variar de acordo com a quantidade de carboidratos. Essa contagem acaba com o processo rígido no tratamento de antigamente – quando as doses e a alimentação eram fixas. Consultar um nutricionista é essencial para esse controle diário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário