VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

VideoBar

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

PT vai manter indicados de Delcídio em cargos federais de MS

Em maio de 2015, o senador encaminhou diversos nomes que passaram pela avaliação da presidente Dilma Rousseff


 
De acordo com o atual presidente regional do Partido dos Trabalhadores, ex-deputado federal Antônio Carlos Biffi, todas as indicações para os cargos federais no Estado feitas pelo senador Delcídio do Amaral serão mantidas. A direção da sigla não vai mudar os nomes escolhidos pelo parlamentar, atualmente preso em Brasília (DF) após ter sido flagrado forjando suposto plano de fuga para Nestor Cerveró.
Em maio de 2015, o senador havia anunciado que, após meses de articulações e muito diálogo, o PT regional havia fechado a lista de indicações para os cargos federais no Estado e que a lista completa seria encaminhada para avaliação da presidente Dilma Rousseff, que daria o aval para os nomes.

Entre os espaços que na época foram citados pelo senador, estava o comando dos seguintes órgãos no Estado: Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente), Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária), Funasa (Fundação Nacional de Saúde), Funai (Fundação Nacional do Índio), Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) e Conab (Companhia Nacional de Abastecimento).

Segundo Biffi, todas as nomeações feita pelo senador deverão ser mantidas. "Todas essas nomeações foram feitas pela bancada federal do partido. Não foi exatamente do Delcídio, ele apenas assinou as nomeações e encaminhou para Brasília. Mas acredito que todas deverão se manter da mesma forma, exatamente como estão, sem alteração no quadro", finalizou.


A reportagem tentou entrar em contado com membros da bancada federal petista de Mato Grosso do Sul, deputados federais, Zeca do PT e Vander Loubert, mas não obteve retorno.

Nenhum comentário:

Postar um comentário